Aplicando o Management 3.0 para conquistar, empoderar e gerar confiança no TIME

O Management 3.0 é um modelo de gestão ágil, horizontal e colaborativo. Ele ajuda a aumentar a produtividade do time e favorece uma melhor performance de liderança. E já foi implementado em empresas como a Google, a Pixar e a Taller. Interessante? Então continue a leitura. Te contarei muito mais na sequência do conteúdo.


O que é Management 3.0


O Management 3.0 é um conjunto de boas práticas para gestão e a principal característica do Management 3.0 é a gestão do ambiente/sistema e não das pessoas/colaboradores.


Trata-se de um modelo de liderança, criado por Jurgen Appelo, um empreendedor, palestrante e escritor pioneiro em liderança, autor do livro Management 3.0: Leading Agile Developers, Developing Agile Leaders (2010). Esse modelo de gestão possui particularidades, por exemplo, nele o gerenciamento passa a ser uma responsabilidade de todo o time. No entanto, não significa que os líderes deixem de existir. Não é nada disso! Não mesmo. O que acontece é que nesse modelo de gestão, abre-se espaço para que cada colaborador desenvolva seu potencial de liderança.

Como Funciona o Management 3.0


A ideia central ou a base do Management 3.0, também chamado de Gestão 3.0, é justamente prestar apoio para a liderança, fazendo com que o time participe de forma ativa da gestão. Assim, o gestor ganha tempo para se dedicar ao planejamento, direcionamento e também para fazer a orientação e capacitação do time. Resumindo, embora tenha um papel importante no desenvolvimento e performance de cada um, o líder deixa de ser o fator decisivo para o sucesso do trabalho. Essa responsabilidade fica sendo de cada colaborador.


Funciona assim: no Management 3.0 o papel do gestor é:

  1. Definir e apresentar os objetivos que precisam ser atingidos;

  2. Definir junto com o time as responsabilidades da gestão colaborativa entre cada membro;

  3. Acompanhar tarefas e prazos.


A partir daí, cada colaborador fica responsável e se compromete com cumprimento das entregas. Ou seja, o papel do líder consiste em acompanhar o desenvolvimento dos processos por uma perspectiva macro, focando na tomada de decisão, permitindo que os colaboradores se tornem mais proativos, autônomos e colaborativos, o que gera mais resultados positivos tanto para o crescimento da empresa, quanto para indivíduos.

Conclusão

Aplicando o Management 3.0 para conquistar, empoderar e gerar confiança no TIME, outros resultados irão surgir, como, por exemplo, o engajamento dos colaboradores, o crescimento do negócio com todo mundo e também a diminuição da rotatividade de pessoas. Com suas 6 visões, representadas por um monstrinho simpático, o Martie o Magament 3.0 aborda: Energizar pessoas, Empoderar times, Alinhar restrições, Desenvolver competências, Aumentar as Estruturas e Melhorar tudo.


O Management 3.0 implementa nas empresas uma gestão mais humanizada, onde as pessoas são o ativo mais importante da organização. E aí, seus olhos estão brilhando com esse assunto? Ansioso para saber mais sobre princípios e as aplicações do Management 3.0? Calma que falaremos de tudo isso. Também estou considerando trazer uma síntese do livro com comentários. Mas, até lá, você que quer conhecer um pouco mais sobre gestão ágil, pode me seguir nas redes (Instagram e LinkedIn) e navegar aqui pelo site e blog. Faça isso!

Até,


#sprint #agile #agilidade #SCRUM #lean #produtosdigitais #productowner #scrummaster #agilista #agilizareduca #brunafonsecapro


6 visualizações
  • Instagram Bruna Fonseca
  • Linkedin Bruna Fonseca
  • YouTube