Como formar um time Ágil?

Atualizado: 14 de jan.

No artigo de hoje nós vamos descobrir como formar um time Ágil.


A primeira coisa que precisamos entender é que para formar um time ágil é preciso atender alguns requisitos, que são pilares no Manifesto Ágil:


  • INDIVÍDUOS E INTERAÇÕES, mais que processos e ferramentas;

  • SOFTWARE EM FUNCIONAMENTO, mais que a documentação abrangente;

  • COLABOLRAÇÃO COM O CLIENTE, mais que negociações e contratos;

  • RESPONDER AS MUDANÇAS, mais que seguir um plano.


Depois de entender isso, é preciso planejar a formação de um time ágil coeso.



Como formar um time ágil


Forma um time ágil e coeso é ter um time que seja:


  • Multidisciplinar Um time ágil multidisciplinar é aquele que tem em sua composição diversos conhecimentos, pois isso ajudará nos vários projetos que serão desenvolvidos pelo time no decorrer dos trabalhos.

  • Auto-gerenciável Nesse ponto quero ressaltar a importância de ter um time ágil que seja autônomo, capaz de tomar decisões sem dependência. E para isso o time precisa estar sempre alinhado.

  • Desenvolvimento lado a lado Já que estamos falando sobre como formar um time ágil, quero falar sobre o trabalho do time no dia a dia. Uma das características do time ágil é fazer o desenvolvimento do projeto trabalhando lado a lado, ainda que seja a distância ou em salas virtuais, o mais importante é ter colaboração contínua.

  • Reuniões para evolução constante É ideal que o time ágil coloque como uma função fundamental, o desenvolvimento de reuniões para feedback. Isso ajudará o time a estar em constante evolução.

É muita informação? Podemos continuar? Então continue lendo o artigo para descobrir o que não pode faltar em um time ágil.



O que não pode faltar em um time ágil


Em um time ágil não pode faltar:

  • Coragem;

  • Foco;

  • Comprometimento;

  • Respeito;

  • Abertura.

E para entender porque nenhuma dessas características podem faltar no time ágil, vamos entender o conceito de cada uma delas.

  • Coragem: A coragem está correlacionada com o que falamos acima sobre o time ágil ser auto gerenciável e autônomo. Ter coragem para tomar decisões ao longo do desenvolvimento do P.O. e nos momentos de crise (principalmente nos momentos de crises).

  • Foco: É fundamental manter o trabalho o mais simples e focado possível, de forma a trazer e incorporar na equipe apenas o que entrega e agrega valor.

  • Comprometimento: É fundamental para que o time esteja em constante cooperação com o desenvolvimento lado a lado para alcançar os objetivos.

  • Respeito: Respeito pelos clientes; Respeito pelos colegas de time; Respeito pelo usuário; Respeito pelo projeto; Respeito pelos valores. Enfim, os integrantes do time precisam ter respeito por todo o trabalho.

  • Abertura: Lembra que um pouco acima falamos que o time precisa estar em evolução constante? A abertura ajuda, e muito nesse processo. Com a abertura é possível entender melhor os requisitos e as necessidades dos clientes, além de lidar melhor e facilitar eventuais dificuldades do time.

Chegamos ao final desse artigo sobre a formação do time ágil. E como eu sempre gosto de frisar, se você gostou desse conteúdo, leia outros artigos aqui do site.


Lembrando que tem conteúdo semanal também no Instagram e Linkedin. Me segue lá. ;)


#canvas #MVP #persona #sprint #uxdesign #userinterface #designthinking #plc #pitch #agile #agilidade #SCRUM #kanban #lean #produtosdigitais #backlog #okr #productdiscovery #productowner #scrummaster #userstory #agilista #leaninception #planningpoker #brunafonsecapro

42 visualizações
  • Instagram Bruna Fonseca
  • Linkedin Bruna Fonseca
  • YouTube