Os 10 Princípios do Product Discovery

Atualizado: 13 de jan.

Ei! Seja bem-vindo ao blog Bruna Fonseca, hoje nós vamos conversar um pouco sobre os princípios do Product Discovery, que são 10.


Para quem não me conhece ainda, deixa eu me apresentar: sou Bruna Fonseca, professora, palestrante e agilista; e aqui no blog eu abordo todos os assuntos na área de SCRUM e desenvolvimento de produtos.


Antes de ir direto ao assunto, os 10 princípios do Product Discovery, vamos recapitular de forma prática o que é Product Discovery.


Product Discovery é uma das etapas (críticas) do desenvolvimento de produtos, que permite a compreensão aprofundada sobre os clientes, permite fazer a ideação, a prototipação e também a validação de hipóteses.


Criança com lupa

A finalidade do Produto Discovery é: desenvolver produtos ideais para as necessidades dos clientes.


As 4 Etapas do Product Discovery

O Product Discovery passa por 4 etapas:

  1. Entendimento: Etapa para a coleta de Inputs das partes interessadas, avaliação dos Outputs do produto atual (se existir) e entendimento dos resultados esperados;

  2. Ideação: Processo de divergir e convergir buscando soluções; analisando a concorrência, examinando o mercado, estabelecendo premissas, e além de debater soluções, criar hipóteses.

  3. Prototipação: Ideias antes de serem testadas são só ideias e por isso precisam ser validadas por usuárias, antes de serem levadas ao desenvolvimento.

  4. Validação: Essa etapa é incrível. Observar usuários reais interagindo com os protótipos é sensacional.

E se vamos pensar em um ambiente ágil para o Product Discovery, então a primeira coisa que temos que fazer é dar eficiência ao processo de desenvolvimento de produtos.


E por que estou falando de eficiência agora? Porque não tem como falar dos princípios do Product Discovery sem pensar em eficiência e eficácia.


E por eficácia vamos tomar a definição de: ‘Fazer a coisa certa’, o que vai depender do trabalho realizado nas 4 etapas do Product Discovery. E as quatro etapas serão baseadas nos 10 princípios do Product Discovery.


Depois dessa pincelada, vamos ao assunto:.


Os 10 princípios do Product Discovery

Telas de aplicativos
Os 10 princípios do Product Discovery
  1. Profissionalismo: É preciso saber que não dá para atender todas as solicitações dos clientes. Depois de entender o que ele quer, a etapa de construção depende do olhar profissional e não da imaginação do cliente.

  2. Utilidade: Não basta ser bonito. O produto precisa ser útil e agregar valor para a usuário, gerar resultados para a empresa.

  3. Desenvolvimento de software: dos 10 princípios do Product Discovery esse talvez seja o mais complexo. Desenvolver o software é importante e crítico, pois o produto não valerá de nada se a experiência de uso for repleta de fricção.

  4. Totalidade: Não dá para pensar na funcionalidade, Design e Tecnologia de forma separada. Estão totalmente interligados.

  5. Aprendizado: A solução para os problemas que aparecerem virá do aprendizado no decorrer das 4 etapas.

  6. Validação real: A validação do produto precisa ser feita com um cliente de fato. Você, seus colegas de equipe e os seus amigos não são clientes reais. Okay? Encontre o seu público alvo.

  7. Agilidade e custo-benefício: suas ideias precisam ser validadas de maneira mais rápida e barata possível.

  8. Técnicas quantitativas e qualitativas: Você terá que usar ambas as técnicas no seu processo de validação. As técnicas quantitativas ajudarão a entender o que está acontecendo, e as técnicas qualitativas a entender o motivo.

  9. Ponto de vista de negócio e ponto de vista técnico: Valide sua ideia nesses dois pontos de vista, durante o desenvolvimento.

  10. Conhecimento compartilhado: Conversar, debater ideias no papel, rabiscar junto, enfim; trabalhar junto como um time.

E, se você tem interesse em SCRUM, recomendo a leitura do artigo anterior clicando aqui e descobrindo agora mesmo como aplicar os valores do SCRUM.

35 visualizações
  • Instagram Bruna Fonseca
  • Linkedin Bruna Fonseca
  • YouTube