É no desconforto que se cresce

Atenção! Esse conteúdo é para pessoas diferenciadas.


99% das pessoas que vão estar diante desse post não terão a iniciativa de continuar a leitura após o primeiro parágrafo, portanto, se você decidir continuar, saiba que esse é um dos sinais de que você já é uma pessoa diferenciada.



Temos mania de reclamar de tudo o que nos coloca fora de nossas zonas de conforto e isso é um problema, principalmente porque a zona de conforto é sinônimo de acomodação, e não deveríamos permanecer nela a menos que já tenhamos chegado aonde gostaríamos e realizado tudo o que desejamos.


É fato que algumas pessoas são apaixonadas por desafios. Porém, também existem aqueles que não gostam muito, mas entendem que os desafios são importantes para nos levar ao próximo nível.


A própria ciência diz que as pessoas que escolhem lidar com o desconforto dos desafios ao viver acomodadas são diferenciadas.


O Professor Pedro Calabrez, um neurocientista bastante conhecido aqui na internet, defende que a fórmula para o sucesso não requer de nós apenas força de vontade, pois nossas vontades são preguiçosas/acomodadas. Segundo ele, a fórmula para o sucesso está no desconforto, mais precisamente em se desafiar para vencê-los.


De forma prática: Se você escolhe ler conteúdos que levam mais conhecimento a você ao invés de assistir vídeos no Tik Tok, se escolhe ir para a academia ao invés de comer chocolate e ver um filme, parabéns!! Você é uma pessoa diferenciada!


De forma geral, precisamos entender que para chegar onde planejamos é preciso lidar com o desconforto das coisas que demandam mais persistência e perseverança para acontecer, afinal, o caminho para o sucesso é mesmo desconfortável.


Esses dias, li uma publicação da Apple, com a qual me identifiquei e quero terminar esse post com ela, desejando que você se identifique também.


Dizia assim:


“Isto é para os loucos. Os desajustados. Os rebeldes. Os criadores de caso. Os que são peças redondas nos buracos quadrados. Os que vêem as coisas de forma diferente. Eles não gostam de regras. E eles não têm nenhum respeito pelo status quo. Você pode citá-los, discordar deles, glorificá-los ou difamá-los. Mas a única coisa que você não pode fazer é ignorá-los. Porque eles mudam as coisas. Eles empurram a raça humana para frente. Enquanto alguns os vêem como loucos, nós vemos gênios. Porque as pessoas que são loucas o suficiente para achar que podem mudar o mundo são as que, de fato, mudam.”


#sprint #agile #agilidade #SCRUM #lean #produtosdigitais #productowner #scrummaster #agilista #agilizareduca #brunafonsecapro

34 visualizações
  • Instagram Bruna Fonseca
  • Linkedin Bruna Fonseca
  • YouTube