Critérios de Aceite: a regra de ouro para uma USER STORY bem escrita

Esse é um artigo especial para quem é ou busca ser Product Owner. O objetivo é nos aprofundarmos um pouco mais nos critérios de aceite, que são a regra de ouro para uma USER STORY bem escrita, e no que é determinante para a entrega de um produto com valor agregado.


User Story: Critério de Aceite e Regras de Negócio


Logo no começo do Blog, publiquei um conteúdo intitulado ‘User Story: Critério de Aceite e Regras de Negócio’, sem esperar que esse fosse ser o conteúdo mais acessado do site, já somando mais de 2.200 visualizações.


O conteúdo em questão foi dividido entre dois assuntos:

  • Critérios de Aceite

  • Regras de Negócio

Sobre o primeiro assunto, o foco deste artigo, expliquei basicamente o que são os critérios de Aceite e as Regras de Negócio (composições de uma User Story).


Além disso, falei sobre a importância deles, ao mostrar que somente através da lista de critérios de aceite é possível descobrir se a User Story foi implementada conforme o que o PO (Product Owner) solicitou, ou não.


Lembra disso?


Se não lembra, deixo como dica a leitura.

Leia aqui


Hoje, no entanto, quero pegar um gancho no assunto, porém, trazendo para o lado da sua importância dos critérios de aceitação para o PO (Product Owner) e a entrega. Afinal, trata-se da regra de ouro para uma USER STORY bem escrita (requisito indispensável para uma entrega bem-sucedida).



Critérios de Aceite: a regra de ouro para uma USER STORY bem escrita



Os critérios de aceite são considerados como a regra de ouro para uma user story bem escrita, por ser através deles que o Product Owner (PO) detalha para o time a estória do usuário.


A estória do usuário é que vai dizer o que o time precisa fazer para atender e entregar o valor pretendido.


Funciona assim:

  • Quem é o usuário, o que ele quer/precisa e o porque ou para que ele precisa/quer é a estória.

  • Já o que precisa ser feito para atender ao usuário “são” os critérios de aceite.

Nessa parte é importante, que o PO, entenda a importância dos critérios de aceite, pois entregar ao time uma user story sem eles, é como entregar um pacote vazio. E muito provavelmente não vai resultar em uma entrega minimamente viável.


Uma coisa é fato: se o PO não souber definir os critérios de aceite, a equipe de desenvolvimento não saberá o que desenvolver para entregar. E olha o problema aí.


Aprenda a definir os critérios de aceite das suas user stories aqui.



O Product Owner e os Critérios de Aceite


O PO tem que aprender a pedir o que precisa ser feito. E não é pedir ao time por e-mail, mandar SMS, áudio no Whats App, ou solicitar durante uma daily, nem algo do tipo. O lugar de pedir é na definição de critérios de aceite da estória. Ponto.


Por exemplo:

Se o seu cliente é um aluno que precisa enviar áudios explicando suas dúvidas ao professor para não precisar escrever e assim gastar menos tempo, os critérios de aceitação devem ser detalhados em conformidade com o que é preciso para fazer a entrega.


Ou seja, O PO deve dizer para o time que precisa de:

  • Arquivos de áudio nos formatos WAV, MP3 e MPG4;

  • Arquivos de áudio de até 100mb;

  • Permitir que o aluno ouça o áudio enviado;

  • Não permitir que o áudio enviado seja excluído.

  • Entre tantos outros.

Esses são os critérios de aceitação da estória e, sem esse detalhamento, sinto muito em te dizer que a entrega está fadada ao fracasso.


Conclusão


Se você, PO, não sabe avaliar uma estória do usuário para definir os critérios de aceite, não se julgue por isso. Acontece muito. Acredite. E você pode resolver isso de forma simples.


Com menos de R$ 170,00 (dividido em até 6X) você se capacita para atuar melhor na sua função.


Tenho o curso perfeito para você se tornar um agilista completo e seguro de si. Conheça!


Se você não quer arriscar sua carreira não sabendo detalhar os critérios de aceitação, é só clicar aqui e fazer o curso SCRUM TRAINNING, antes que esse problema seja notado e se torne um risco para você.


Dito isso, volto a indicar a leitura do artigo ‘User Story: Critério de Aceite e Regras de Negócio’ para você que quer aprender mais sobre esse assunto.


Até!


#sprint #agile #agilidade #SCRUM #lean #produtosdigitais #productowner #scrummaster #agilista #agilizareduca #brunafonsecapro

245 visualizações
  • Instagram Bruna Fonseca
  • Linkedin Bruna Fonseca
  • YouTube