top of page

Gestão de crises em Produtos Digitais: Estratégias para lidar com imprevistos

Hoje eu quero bater um papo com você sobre um tema que, cedo ou tarde, todo Produteiro(a) vai enfrentar: as crises.


São aqueles momentos em que tudo parece estar desmoronando, os prazos apertando e a equipe correndo contra o tempo.


Mas calma, respira fundo que eu vou compartilhar algumas estratégias que aprendi na prática para lidar com esses imprevistos.


1. Reconhecendo a crise


Primeiro de tudo, é importante reconhecer que você está em uma crise.


Parece óbvio, né? Mas muitas vezes a gente está tão no meio do olho do furacão que não consegue ver a situação claramente. Uma crise pode ser desde um erro crítico no código que foi descoberto bem tarde no ciclo de desenvolvimento até uma mudança drástica no mercado que afeta diretamente o seu projeto.


O primeiro sinal de que uma crise está a caminho geralmente vem dos números. Prazos começam a não ser cumpridos, as métricas de qualidade caem, ou o feedback dos usuários está mais negativo que o usual.


Fique de olho nesses indicadores!


2. Comunicação é a chave


Quando você perceber que a crise chegou, a primeira coisa a fazer é comunicar.


Sim, comunicar! Falar com sua equipe, com os stakeholders, com todo mundo que precisa saber que o projeto está passando por turbulências.


Seja transparente sobre a situação. Nada de tentar embelezar ou minimizar o problema. Isso só gera desconfiança. Explique o que aconteceu, quais são as consequências e o que está sendo feito para resolver.


3. Reavaliando o plano


Com todos informados, é hora de reavaliar o plano. Dependendo da gravidade da crise, pode ser que seja necessário repensar prazos e revisitar seu Roadmap, ou até mesmo objetivos.


Nesse momento, priorização é a palavra-chave. O que é absolutamente essencial para o produto? O que pode ser ajustado ou até descartado para superar a crise?


4. Ação!


Com um novo plano em mãos, é hora de agir. E aqui, meu direcional é: foco na execução. Crises exigem decisões rápidas e ação assertiva.


Divida o problema em partes menores e direcione equipes ou indivíduos para cada uma delas. Isso torna o problema mais gerenciável e aumenta a sensação de progresso à medida que cada parte é resolvida.


5. Aprendendo com a crise


Depois que a tempestade passar (e ela vai passar), não esqueça de olhar para trás e aprender com a experiência.


O que deu errado? O que poderia ter sido feito de forma diferente? Como evitar que uma situação semelhante ocorra no futuro?


Documente tudo, principalmente as lições aprendidas. Isso pode ser incrivelmente valioso para projetos futuros e para ajudar outros times a evitar ou lidar com crises semelhantes.


Exemplos do mundo real


Vou te contar rapidinho sobre um projeto que participei. Estávamos desenvolvendo um App e, bem perto do lançamento, descobrimos que uma funcionalidade chave estava com problemas sérios de desempenho. Entramos em modo de crise imediatamente.


  • Comunicação rápida: Informei a todos os stakeholders e partes interessadas que já estavam mapeadas sobre o problema e revisamos nosso roadmap. Decidimos adiar o lançamento para não comprometer a qualidade do produto.

  • Ação coordenada: Dividi com o time, cada membro tinha um foco em uma parte do problema. Em duas semanas intensivas, conseguimos não só resolver o problema de desempenho como também melhorar outros aspectos do App que não estávamos totalmente satisfeitos.

  • Lição aprendida: No final, todos os envolvidos puderam aprender muito sobre a importância de testes de desempenho mais rigorosos e incorporamos isso nos nossos processos futuros.


Por fim...


Lidar com crises em produtos digitais pode ser estressante, mas também é uma oportunidade de crescimento e aprendizado.


Com as estratégias certas, você pode não apenas superar a crise, mas sair dela mais forte e preparado para os próximos desafios. Lembre-se: reconhecer, comunicar, reavaliar, agir e aprender são as chaves para a gestão eficaz de crises.


E aí, gostou desse conteúdo?

Já passou por alguma crise em projetos? Me conta nos comentários!


Até a próxima!

3 visualizações

Comments


  • Instagram Bruna Fonseca
  • Linkedin Bruna Fonseca
  • YouTube
bottom of page