User Story: Entendendo o conceito de DOR no Scrum

Atualizado: 15 de jan.

Continuando a nossa série de artigos sobre a User Story, hoje vamos falar sobre o conceito de DOR no Scrum. Lembrando que na semana passada falamos sobre Critérios de Aceite e Regras de Negócio.


O conceito de DOR no Scrum

No contexto de User Story, não é difícil que o PO enfrente dificuldades para saber se os critérios de aceite estão prontos para serem apresentados na Sprint Review.


Para ajudar com esse alinhamento, acontece o Refinamento do Sprint Backlog que tem o intuito de romper com os obstáculos e manter a transparência. Vale lembrar que a transparência é um dos princípios do Scrum. No Refinamento o Time de Desenvolvimento entende os objetivos do PO e os desafios técnicos.


E ainda falando do Refinamento, é correto dizer que ele ocorre durante o andamento da Sprint anterior. Geralmente, são destinados cerca de 10% do tempo de sprint para fazer o refinamento.


Mas, Bruna, por que estamos falando de Refinamento, se o objetivo é entender o conceito de DOR no Scrum? Estamos falando do Refinamento, porque ele é a base para a DOR. Vamos entender isso melhor, na sequência.



O Conceito de DOR - Definition of Ready


O DOR (Definition of Ready), que na tradução literal quer dizer ‘definição de preparado’, existe para dar apoio ao Refinamento.


O conceito de DOR no Scrum, a Definition of Ready (DOR) é, basicamente, ser uma lista onde consta todos os requisitos necessários para que uma história possa ser validada no backlog da Sprint. Ou seja, o DOR compõe a relação do que uma estória precisa ter para começar; e entre outras coisas ela precisa: ter anexos, ser bem detalhada, ter saída de negócio, critérios de aceite, requisitos e acessos (banco de dados, servidor…).


Funciona assim:


A DOR (lista de requisitos) fica vinculada à estória, para que cada item dela seja sinalizado como concluído, assim que for atendido. De forma que a User Story só pode ser apresentada na backlog da Sprint quando todos os itens definidos no Refinamento tiverem sido atendidos. Deixando claro que a pendência de um único item sinaliza que ainda não é hora de passar para a fase de produção da funcionalidade.


Na lista DOR são encontrados itens como:

  • Critérios de aceite claros

  • Serviço de Integração disponível para consulta

  • Design pronto (UX/UI)

  • Dados para teste

  • Acesso GET/POST de API (quando houver).


Esse foi o nosso artigo sobre O conceito de DOR no Scrum. No próximo artigo falaremos sobre DOD.

Fique ligado.



#canvas #MVP #persona #sprint #uxdesign #userinterface #designthinking #plc #pitch #agile #agilidade #SCRUM #kanban #lean #produtosdigitais #backlog #okr #productdiscovery #productowner #scrummaster #userstory #agilista #leaninception #planningpoker #brunafonsecapro

148 visualizações
  • Instagram Bruna Fonseca
  • Linkedin Bruna Fonseca
  • YouTube