Como manter meu e-commerce ativo com a ajuda do SCRUM?

O Scrum atende perfeitamente a todas as estruturas de gestão de um e-commerce, ajudando tanto no desenvolvimento, quanto na organização e no aprimoramento. A questão principal é como usá-lo nesse sentido. E é isso que eu quero te contar.


Como usar o Scrum para manter um e-commerce Ativo


Se você tem um e-commerce, já sabe que precisará se planejar e seguir o planejamento, sempre mantendo atualizado o controle dos preços e do estoque (que é fundamental), sem se descuidar do marketing digital, e fazendo ainda todos os aprimoramentos necessários para os processos e serviços. Certo?


Isso é ótimo! Significa que você de fato tem o conhecimento teórico de como manter seu negócio ativo. Mas e o conhecimento prático? Você sabe como manter se ativo na prática?


Se você começou um e-commerce e agora percebeu que precisa de ferramentas eficientes para te ajudar na gestão, saiba que a resposta pode estar no Scrum!


Manter o negócio on-line ativo é um projeto gigante, que dá trabalho e requer conhecimento teórico e prático. Até porque, saber o que precisa ser feito e não conseguir realizar é o que faz com que muitos negócios digitais (e físicos) deixem de exercer suas atividades.


A boa notícia é que o Scrum é um framework que comporta muito bem esse tipo de projeto, facilitando a sua gestão, principalmente, no que se refere a criação de um Backlog, com o planejamento, o detalhamento, a priorização e, entre outros, que será executado na realização de sprints.


O Scrum, quando implementado na gestão de um e-commerce atuará mantendo constância em sua atualização, desde os pontos mais simples aos mais complexos, como, por exemplo: manter os preços e os números de controle do estoque atualizados, além de também ajudar na gestão das campanhas de marketing, que é o que mantém um negócio ativo.


No entanto, para que isso aconteça, é importante respeitar os papéis e as cerimônias, destaque para as dailys que possibilitam saber se as coisas estão sendo realizadas conforme o planejado.


Escrevi sobre isso, para minha coluna no site Mateada, e penso que ajudará, especialmente as agências de marketing na implementação, confira o conteúdo aqui: Scrum Master, Product Owner e Team: quem assume cada papel em uma agência de marketing digital?

O Scrum e o E-commerce


Esse framework foi pensado para ajudar no desenvolvimento de software, porém, sua característica de ser adaptável permite que seja implementado em vários tipos de projetos. E isso é o mais legal!

Contudo, sempre gosto de frisar que mesmo sendo especialista na implementação do Scrum em negócios e empresas, em alguns casos o Kanban funciona melhor. Quando isso acontece, faço a implementação do método e não do framework e está tudo bem.


Ou seja, de modo geral, as práticas ágeis sempre podem te ajudar na gestão do seu negócio, seja por meio da implementação de um framework ou de um método, esteja o seu negócio relacionado com a criação e desenvolvimento de software ou não.


Por isso, antes de optar direto por um ou outro (Scrum ou Kanban), sempre vale a pena conhecer seu e-commerce a fundo, entender o fluxo de entrada e outros pontos cruciais, determinantes para uma escolha assertiva. E isso pode ser feito através de uma consultoria realizada na empresa com todos os envolvidos no dia a dia do e-commerce ou de uma mentoria específica para gestor.


Se você veio até aqui porque precisa de ajuda para manter o seu e-commerce ativo através de uma gestão mais ágil e eficiente, vem falar comigo.


Para terminar, vou deixar sugestões de leitura de um conteúdo extra que tem tudo a ver com o nosso assunto:

Até logo!


#sprint #agile #agilidade #SCRUM #lean #produtosdigitais #productowner #scrummaster #agilista #agilizareduca #brunafonsecapro

1 visualização
  • Instagram Bruna Fonseca
  • Linkedin Bruna Fonseca
  • YouTube