Você é contra ou a favor da criação de novos Papéis no Scrum?

Atualizado: 15 de jan.

Pensamentos Papéis: Refletindo sobre os papéis do Scrum


O Scrum está em uso desde o início de 1990 e hoje é utilizado em mais de 60% dos projetos ágeis em todo o mundo. E como já abordei aqui no blog, o SCRUM é um framework de gerenciamento de projetos, que trabalha de forma ágil, recorrendo a várias técnicas e que abrange desde a organização ao desenvolvimento de produtos complexos e adaptativos entregando o mais alto valor possível.

O Framework SCRUM tem três papéis que já foram abordados e esclarecidos aqui no blog, são eles:

Cada um desses papéis Scrum cumpre com um objetivo no gerenciamento e no desenvolvimento de produtos e gestão de projetos, e são fundamentais para a entrega de resultados com o maior valor possível como é proposto neste framework; por isso é fundamental que todos os papéis sejam devidamente desempenhados. No entanto, para isso acontecer é preciso que cada profissional seja capacitado e receba o suporte necessário na empresa/organização, o que não tem acontecido muito.



O que se vê é que a consequência dessa falta de suporte está sendo refletida na prática cada vez mais comum da criação de novos papéis no Scrum e isso está impactando no processo e no resultado final do produto e na gestão dos projetos, além de estar onerando a folha de pagamento das organizações.


Novos papéis no Scrum

A criação de novos papéis no Scrum não seria um problema se estivesse fazendo parte do processo de aprimoramento do framework em sua totalidade, e não estivesse apenas suprindo um déficit de suporte ou mesmo a ineficiência de profissionais despreparados para cumprir com o papel atribuído (seja o Scrum Master, Product Owner ou o Time) e essa é a minha crítica a essa alteração.


A inovação e o aprimoramento de um produto, processo ou empresa é super bem-vinda. Mas é necessário entender e distinguir se a criação de novos papéis no Scrum está acontecendo a partir de uma necessidade real. E a necessidade só se faz real depois que os três papéis já existentes são desempenhados em sua totalidade e com a eficiência devida.


Ou seja, a criação de novos papéis no Scrum só poderá ser considerada parte do processo de aprimoramento para suprir uma necessidade real, quando todos os valores do Scrum forem entendidos e aplicados pelo time, e depois que o Scrum Master e o Product Owner com competência desempenharem todas as suas funções da maneira como tem que ser. Se não for assim, não há a necessidade real de criação e fazê-la não será um aprimoramento, mas um atalho, o caminho mais fácil para não ter que lidar com o real problema que muitas vezes pode ser:

  • Scrum não ter sido compreendido e aplicado como precisa ser;

  • Falta de suporte;

  • Profissionais não qualificados;

  • Entre outros.

Por isso é fundamental entender quais são os papéis do Scrum e suas funções. E também por isso, recomendo a leitura dos artigos já publicados aqui.


Aguardo-te no próximo artigo.

Até logo


#canvas #MVP #persona #sprint #uxdesign #userinterface #designthinking #plc #pitch #agile #agilidade #SCRUM #kanban #lean #produtosdigitais #backlog #okr #productdiscovery #productowner #scrummaster #userstory #agilista #leaninception #planningpoker #brunafonsecapro

21 visualizações
  • Instagram Bruna Fonseca
  • Linkedin Bruna Fonseca
  • YouTube