A gestão de projetos no Brasil: Expectativa X Realidade

Atualizado: 15 de jan.

Sabe aqueles vídeos e fotos que vemos circular pela ‘internet’ com a brincadeira ‘Expectativa x Realidade’, onde a expectativa é gigante e a realidade é frustrante? Pois, é assim que acontece com a gestão de projetos no Brasil.


A gente tem no mercado profissionais excelentes, isso não dá para negar. Porém, também é inegável que a coisa está cada vez mais bagunçada, principalmente quando se fala do método tradicional de gestão.



É por isso que esse é o melhor vídeo que eu já vi sobre gestão de projetos. Concordo com tudo, por isso compartilhei com vocês. Vejamos agora o que acontece na tradicional Gestão de projetos


A Tradicional Gestão de projetos


O cenário de gestão tradicional de projetos que vemos hoje funciona assim:

  • Expectativa: Captar grandes projetos, traçar metas e prazos, cumprir as metas e os prazos, fazer entregas de alto valor e receber bonificação por isso.

  • Realidade: Grandes empresas que captam grandes projetos, traçam metas e prazos sem considerar as variáveis, como, por exemplo, as intruders e as estimativas de esforço, e fazendo assim colocam suas equipes em uma corrida desenfreada para fazer uma entrega a todo custo, e no final não conseguem entregar o que se propuseram.


Isso é frustrante e acontece porque a gestão de projetos precisa muito mais do que apenas gerir as tarefas e tempo para entregar um projeto de alto valor. E para isso é primordial que o gerente de projetos entenda todos os requisitos, bem como artefatos, critérios, necessidades e os objetivos. Também é dever do gerente fazer a estimativa de esforço, tamanho e tempo. E cabe dizer que ele deverá, refazer esse cálculo sempre que aparecer uma incrementação/adição no projeto.


O gestor do projeto também tem a responsabilidade de formar um time suficientemente capaz e estabelecer toda a comunicação. E é aí que a gestão de projetos ágeis apresenta a solução.


Gestão de Projetos Ágeis


A gestão de projetos ágeis é o que o próprio nome já diz, ela é a jeito mais assertivo de gerenciar projetos de todos os tamanhos. No gerenciamento ágil de projetos o cenário que vemos atualmente é:

  • Expectativa: Captar grandes projetos, traçar metas e prazos, cumprir as metas e os prazos, fazer uma entrega de alto valor (e quem sabe, receber bonificação por isso, se houver uma).

  • Realidade: Expectativa atendida.

Mas, para isso acontecer é preciso entender de fato o que é a gestão ágil e suas ferramentas e principalmente colocar em prática. Por exemplo, o Scrum hoje está presente em mais da metade dos projetos mundiais, isso porque quando se entende o Scrum, logo se percebe o quanto ele é incrivelmente eficaz. No entanto, mais do que compreender o Scrum, é preciso aplicar o Scrum em sua completude.


Não basta pegar o gerente de projetos atual e querer transformá-lo em um Scrum Master. Da mesma forma, apresentar o conceito de Scrum para a equipe de desenvolvimento tradicional e pensar que a partir dali ela será um time de desenvolvedores ágeis é um grande engano. Se a gestão ágil for aplicada dessa forma, estará fadada ao fracasso assim como o modelo tradicional de gerenciamento de projetos. E é o temos visto, não é mesmo?


Para de fato, ter uma equipe (com gerenciamento e desenvolvedores) ágil, é preciso que todos os profissionais dessa equipe entendam o Scrum e sejam capacitados para aplicá-lo desde os seus pilares e valores; do contrário não será uma equipe ágil. E em suma, o que acontece é que as empresas brasileiras que fazem a gerenciamento de projetos tradicionais, e uma boa parte das que fazem gestão ágil, não estão aplicando nem mesmo os pilares e valores, e isso, é claro, influencia diretamente na qualidade da equipe e do produto. E sim, isso impacta no lucro.


É exatamente como meu colega de profissão coloca no vídeo. Aliás, esse vídeo é o melhor vídeo sobre a realidade da gestão de projetos que já vi. Inclusive, eu gostaria muito de descobrir o nome desse profissional para dar os devidos créditos e cumprimentar pela assertividade. Ps: Se alguém souber, por favor, me fale.


Ter pilares e valores bem aplicados é fundamental para o sucesso de qualquer empresa, equipe, produto e pessoa. E é por isso que aplicar o Scrum sem aplicar seus valores e princípios não funciona; e além de não funcionar, ainda gera mais trabalho e desorganização. Entende?


Bom, tendo dito isso, te convido a navegar aqui pelo ‘blog’ e fazer a leitura dos artigos já postados. Todo meu conteúdo é didático e bem fácil de compreender e aplicar. Até porque minha essência é de professora, então, sempre quero descomplicar tudo.


Em especial, leia:

Aproveitando esse assunto, quero contar aqui o que já contei para o pessoal lá no meu Instagram: estou preparando uma novidade incrível para empresas e profissionais que desejam fazer parte do universo da agilidade. Fiquem atento as minhas redes sociais e ao conteúdo do ‘blog’. Vem novidade boa aí!


Agora um super DESAFIO:

Me ajudar a descobrir o nome do profissional que fez o vídeo (rsrs) Gente, eu procurei, procurei… Porém, não encontrei. Quem souber comenta aqui, quero cumprimentar pela assertividade e dar o reconhecimento devido pelo trabalho.


Então, fica assim: Assistam o vídeo e quem descobrir primeiro, conta aqui. Combinado?!


#canvas #MVP #persona #sprint #uxdesign #userinterface #designthinking #plc #pitch #agile #agilidade #SCRUM #kanban #lean #produtosdigitais #backlog #okr #productdiscovery #productowner #scrummaster #userstory #agilista #leaninception #planningpoker #brunafonsecapro



31 visualizações
  • Instagram Bruna Fonseca
  • Linkedin Bruna Fonseca
  • YouTube